C 280 / 2.8 ELEGANCE 6 CILINDROS GASOLINA 4P AUTOMÁTICO

Código do anúncio: 00084

1
2
3
4
5
6

Excelente estado de Conservação, documentos em dia. Couro em ótimo estado, 4 pneus novos, rodas AMG 18, teto solar, bancos elétricos, ar condicionado digital gelando, manual do proprietário, chave reserva e kit de ferramentas originais.

Opcionais

  • Air Bag
  • Alarme
  • Ar Condicionado
  • Direção Hidráulica
  • Freio ABS
  • Travas Elétricas
  • Vidros Elétricos
  • Ar Quente
  • Banco do Motorista com Ajuste de Altura
  • Bancos de Couro
  • Controle Automático de Velocidade
  • Desembaçador Traseiro
  • Disqueteira
  • Encosto de Cabeça Traseiro
  • Rádio
  • Retrovisores Elétricos
  • Rodas de Liga Leve
  • Teto Solar
  • Volante com Regulagem de Altura
  •  

W202
Fabricante:    Daimler-Benz (1993-1998) / DaimlerChrysler (1998-2000)
Produção:1.847.382 unidades / 05-1993 – 07-2000
Montagem: Bremen – Alemanha / Sindelfingen – Alemanha / East London - África do Sul / Santiago Tianguistenco – México / Toluca – México / Cidade de Ho Chi Minh – Vietnã / 6 Outubro - Egito ( EGA )  / Samut Prakan - Tailândia ( TAAP )
Chassis:Sedã de 4 portas / Perua de 4 portas
Motores: Gasolina: 1.8–2.3 L M111 I4 / 2.8 L M104 I6 / 2.4–2.8 L M112 V6 / 3.6 L M104 I6 AMG / 4.3 L M113 V8 AMG / Diesel: 2.0–2.2 L OM604 I4 / 2.2 L OM611 I4 / 2.5 L OM605 I5
Transmissões:4 marchas automático / 5 marchas automático  / 5 marchas manual / 6 marchas manual
Dimensões:
Entre eixos:2,670 mm
Comprimento: 4,505 mm
Largura: 1,720 mm
Altura: 1,425 mm
Antecessor:W201
Sucessor:W 203
 
 
O Mercedes-Benz W202 é um carro executivo compacto que foi produzido pela montadora alemã Mercedes-Benz entre 1993 e 2000, sob o nome do modelo conhecido como Classe C. Em maio de 1993, a primeira geração do Mercedes-Benz Classe C foi introduzida como substituta do 190. O sedan Classe C foi modelo de entrada da empresa até 1997, quando a Mercedes-Benz lançou o menor carro da linha o conhecido Classe A. O Classe C tinha um design mais suave e arredondado do que a geração anterior do compacto Mercedes-Benz, no caso o 190 (W201).
 
Em sua estreia, o Classe C foi o único modelo da Mercedes com uma linha completa de motores com várias válvulas. A nova família de unidades a gasolina de quatro cilindros, chamada M111, estreou no C 180 (1,8 L, 122 cv (90 kW; 120 cv), C 200 (2,0 l, 136 cv (100 kW; 134 cv) e C 220 (2,2 L, 150 cv (110 kW; 148 cv), o único de quatro cilindros da gama vendida nos EUA) Em 1997, o C 220 foi substituído pelo C 230, ampliado para 2,3 L de cilindrada, mas com a mesma saída, embora com torque aumentado para 220 Nm (162 lb.ft). O C 280 foi o modelo da classe com um motor de seis válvulas por cilindro , seis cilindros em linha reta, capaz de atingir 193 PS (142 kW; 190 cv).
 
No lançamento, o Classe tinha um airbag de acionamento padrão Motorista, ABS e proteção integrada contra impacto lateral; o airbag do passageiro dianteiro tornou-se padrão a partir de 1995 e, a partir do mesmo período, o controle de tração (ETS nos modelos de 4 cilindros, combinado com diferencial de deslizamento limitado (ASD) ou ASR nos modelos de 6 cilindros) estava disponível como opcional.
Em 1997, o ASR tornou-se padrão nos C 280 equipados com transmissão automática e no C 36 AMG, como o ETS nos modelos de 4 cilindros, exceto o C 180 e o C 220 Diesel.
 
Com o restabelecimento do ASR em 1997, tornou-se padrão em todos os modelos, exceto na C180 e C220 Diesel. Este último modelo continuou a oferecer ETS disponível como opcional. Além disso, airbags laterais dianteiros e Brake Assist (BAS) vieram na lista de características de segurança padrão. Os dois modelos básicos finalmente se juntaram à ASR em 1998 e, em 1999, o W202 foi o primeiro sedã compacto a oferecer ESP como padrão em toda a linha.
 
A Mercedes-Benz introduziu um modelo de station wagon em 1996, designado internamente por T-Model (T para o tourenwagen - carro de turismo). Compartilhou os mesmos níveis de acabamento do sedan, com exceção das versões AMG. O modelo T W202 não foi disponibilizado para o mercado norte-americano, embora a versão W203 posterior foi.
 
Modelos AMG
 
Em 1995, o Classe C recebeu seu primeiro modelo de desempenho genuíno, o C 36 AMG, para combater o novo BMW M3 de seis cilindros. Desenvolvida com a AMG, a preparadora da marca, que agora se tornara uma subsidiária da Daimler-Benz, ela tinha uma suspensão afinada (baixada em 25 mm) e nos EUA, uma caixa automática de quatro marchas, seguido por uma caixa de velocidades automática padrão de cinco velocidades. O motor de 3,6 litros tinha uma potência geral de 280 cv (206 kW; 276 cv) a 5750 rpm e 385 Nm (284 lb.ft) a 4000 rpm.
Mais tarde, a AMG admitiu que, uma vez que o motor era montado à mão, as saídas de potência podiam variar um pouco, de 276 hp (206 kW) a 287 hp (214 kW). O C36 AMG acelera a 60 mph (97 km / h) em 5.8 segundos e velocidade de máxima foi eletronicamente limitada a 250 km/h (155 mph). A velocidade máxima ilimitada foi registrada em 272 km / h (169 mph). Somente um total de 5200 C36 AMG foram produzidas.
 
No final de 1997 (1998 ano modelo) AMG divulgou a C 43 AMG, alimentado por um 4,3 L V8, que agora pode atingir 310 PS (228 kW; 306 hp) a 5850 rpm, com um torque de 410 N⋅m (302 lb⋅ft) a 3250 rpm. Ao contrário do C36, que na realidade era um C280 "pronto para vender" desmontado para afinação na fábrica da AMG, o C43 foi o primeiro carro AMG a ser completamente montado na fábrica da Mercedes após a aquisição da AMG pela Daimler-Benz em 1998. O C43 AMG pode atingir um tempo de 0 a 100 km/h (0 a 60 mph) em 5,7 segundos para a versão do sedã e 5,9 segundos para a perua. O C43 foi o primeiro Classe C a ser equipado com um motor V8 da Mercedes-Benz .

Esse veículo não contém informações do DataCard




Entre em Contato

Contato: Hector Coelho

Cidade: Contagem/MG

Telefone: (31)3044... ver telefone

Nosso

InsideBenz